Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Soldados das forças ucranianas, na região de Donetsk

(afp_tickers)

Os combates entre as forças do governo e os rebeldes pró-Rússia na Ucrânia, que já duram quatro meses, provocaram a morte de 568 soldados ucranianos no leste do país.

De acordo com o balanço divulgado pelo porta-voz das forças de segurança, Andriy Lysenko, outros 2.120 soldados ficaram feridos.

A Ucrânia combate os insurgentes em um conflito classificado pela Cruz Vermelha como uma guerra civil.

Seis soldados morreram nas últimas 24 horas, de acordo com Lysenko.

As tropas oficiais se aproximaram dos redutos rebeldes de Donetsk e Lugansk.

A ONU calcula que 1.300 pessoas morreram desde o início dos combates, em meados de abril.

No total, 285.000 moradores foram obrigados a abandonar suas casas pela violência, destacou a ONU.

AFP