Navigation

Confrontos perto de campo de petróleo deixam 150 mortos no Sudão

Sudaneses comemoram captura da região de Daldako, no estado de Kordofan, pelas forças armadas do Sudão, após conflitos étnicos, em 20 de maio de 2014 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 03. julho 2014 - 20:45
(AFP)

Pelo menos 150 pessoas morreram em combates entre clãs rivais perto de um campo de petróleo na região sudanesa de Kordofan Oriental, anunciou nesta quinta-feira a imprensa oficial.

Os combates entre dois clãs da tribo dos Misseriya são travados devido a disputas territoriais, explicou o chefe tribal Mohamed Omer Al-Ansari, citado pelo Centro de Imprensa sudanês.

Ansari não indicou quando esses confrontos ocorreram, nem a duração.

No início de junho, uma liderança tribal já havia indicado a ocorrência de combates na região entre os mesmos clãs, Zurug e Awlad Amran, apresentando um registro de pelos menos 41 mortos.

Os dois clãs disputam parte da área onde fica localizado um campo de petróleo em atividade, explicou uma testemunha do conflito.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.