Navigation

Confrontos tribais deixam 18 mortos na região sudanesa de Darfur

Soldados sudaneses na região de Daldako, a 20 km da capital de Kordofan Sul, Kadugli, em 20 de maio afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 06. julho 2014 - 15:04
(AFP)

Ao menos 18 pessoas morreram em confrontos tribais em Darfur, uma região do Sudão onde as disputas pelo controle dos recursos se intensificaram nos últimos anos, indicou uma testemunha.

Os confrontos entre membros das tribos ma'aliya e rezeigat começaram no sábado e depois os "rezeigat se juntaram para se vingar, mas os ma'aliya os cercaram e mataram 18" pessoas", declarou à AFP esta testemunha, que pediu o anonimato.

Centenas de rezeigat se reuniram para se vingar e "uma grande batalha pode ocorrer hoje ou amanhã", declarou outro morador local, referindo-se a este domingo e a segunda-feira.

Os combates entre membros destas duas tribos deixaram 190 mortos em agosto de 2013, segundo a ONU.

Os confrontos interconfessionais pelo controle dos recursos se intensificaram nos últimos anos, indicava um relatório do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, publicado em fevereiro.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.