Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O Conselho de Segurança da ONU se reunirá nesta sexta-feira de urgência em Nova York depois que um comboio humanitário russo entrou no leste da Ucrânia sem a aprovação de Kiev

(afp_tickers)

O Conselho de Segurança da ONU se reunirá nesta sexta-feira de urgência em Nova York depois que um comboio humanitário russo entrou no leste da Ucrânia sem a aprovação de Kiev.

A reunião será realizada a pedido da Lituânia as 19h00 GMT (16h00 de Brasília) para discutir sobre a entrada de caminhões russos na Ucrânia com suposta ajuda humanitária, denunciada pelo governo de Kiev e por potências ocidentais como uma clara violação da soberania do país.

O governo dos Estados Unidos e a União Europeia convocaram Moscou a trabalhar com as autoridades ucranianas e a Cruz Vermelha Internacional para inspecionar o carregamento e assegurar que seu conteúdo - anunciado como ajuda humanitária - chegue aos civis.

Segundo fontes ucranianas, os russos os impediram de inspecionar o comboio e a Cruz Vermelha não quis acompanhar o mesmo por razões de segurança.

"Surgiu uma profunda preocupação porque até agora nem os ucranianos, nem a Cruz Vermelha estão cientes do conteúdo do carregamento", disse o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia em uma carta enviada aos membros do Conselho de Segurança da ONU.

Nesta sexta-feira, 20 caminhões entraram no reduto pró-russo de Lugansk, declararam as autoridades locais à AFP.

O governo de Moscou insiste que a população precisa de ajuda urgente porque carece de água e eletricidade há semanas.

AFP