AFP

(Arquivo) O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk

(afp_tickers)

Os bombardeios americanos na Síria "ilustram uma determinação necessária contra os bárbaros ataques químicos", afirmou nesta sexta-feira o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

"A UE trabalhará com os Estados Unidos para colocar fim à brutalidade na Síria", acrescentou Tusk, que preside a instância que reúne os 28 países membros da União Europeia, em uma curta declaração no Twitter.

AFP

 AFP