Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A ex-presidente Cristina Kirchner, em Buenos Aires, em 20 de junho de 2017

(afp_tickers)

Víctor Manzanares, contador dos ex-presidentes Néstor e Cristina Kirchner (2003-2015), foi detido nesta segunda-feira em um caso que envolve a ex-mandatária por associação criminosa e lavagem de dinheiro.

"Estou tranquilo", disse à imprensa Manzanares, ao sair de seu escritório, localizado no Río Gallegos, Santa Cruz (a província da qual emergiu politicamente o casal Kirchner), a 2.500 quilômetros de Buenos Aires.

A detenção de Manzanares foi ordenada pelo juiz Claudio Bonadío, no contexto do caso "Los Sauces", no qual o contador é acusado de integrar uma associação criminosa liderada pela ex-presidente Kirchner e seus filhos Máximo e Florencia.

Os delitos denunciados no caso "Los Sauces" são a adulteração de documentos públicos e lavagem de dinheiro, usando como fachada a sociedade desse nome, constituída pelos Kirchner em 2006.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP