Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O presidente americano, Donald Trump

(afp_tickers)

A Coreia do Norte classificou o presidente Donald Trump de "velho lunático", nesta quinta-feira (28), por afirmar que o cidadão americano Otto Warmbier foi torturado enquanto estava na prisão.

"Trump e sua panelinha, com sua propaganda anti-RPDC [República Popular Democrática da Coreia], estão explorando de novo a morte de Otto Warmbier", disse o Ministério norte-coreano das Relações Exteriores em um comunicado publicado pela agência oficial de notícias KCNA.

Em 2016, o estudante americano esteve na Coreia para fazer turismo, mas foi detido e permaneceu preso por mais de um ano, condenado por tentar arrancar um cartaz de propaganda. Em junho passado, pouco depois de ter sido libertado e de seu retorno aos Estados Unidos, faleceu repentinamente aos 22 anos.

"O fato de o velho lunático do Trump e sua gentalha caluniarem a dignidade da nossa liderança suprema, usando dados fraudulentos, cheios de falsidades e invenções, apenas serve para redobrar a maré de ódio do nosso Exército e do povo contra os Estados Unidos e seu desejo de adotar represálias multiplicados por 100", acrescenta o comunicado.

Esta semana, os pais de Warmbier e o presidente Trump acusaram o regime de ter torturado o estudante na prisão. O perito que examinou o corpo, o legista Lakshmi Sammarco, disse não haver provas definitivas disso.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP