AFP

Este comentário, transmitido pelos meios de comunicação estatais, é a primeira reação da Coreia do Norte ao ataque

(afp_tickers)

A Coreia do Norte classificou neste sábado de "agressão intolerável" o ataque americano contra um aeroporto da Síria, um ato que, segundo o governo norte-coreano, "prova mais de um milhão de vezes" a pertinência do seu programa nuclear.

Este comentário, transmitido pelos meios de comunicação estatais, é a primeira reação da Coreia do Norte ao ataque ordenado na noite de quinta-feira pelo presidente americano, Donald Trump, após um suposto bombardeio químico imputado ao regime de Damasco.

"O ataque americano contra a Síria é um ato de agressão claro e intolerável contra um Estado soberano e o condenamos fortemente", declarou um porta-voz não identificado do ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, citado pela agência KCNA.

"A realidade atual nos mostra que temos que enfrentar o poder com poder e prova mais de um milhão de vezes que nossa decisão de fortalecer o poder nuclear foi correta", ressaltou.

Os analistas haviam advertido que os ataques na Síria enviavam uma mensagem clara a Pyongyang de que os Estados Unidos não têm medo de usar a força militar.

Trump ameaçou ordenar ações unilaterais contra Pyongyang se Pequim não conseguir deter o programa nuclear de seu vizinho. No entanto, esta resposta sugere que Pyongyang está determinada a prosseguir.

AFP

 AFP