AFP

Foto divulgada pela agência estatal norte-coreana mostra o dirigente Kim Jong-un ao lado de comandantes militares

(afp_tickers)

A Coreia do Norte lançou neste domingo um míssil de médio alcance, confirmou uma fonte da Casa Branca, depois que a Coreia do Sul anunciou o lançamento de um "projétil não identificado".

"Estamos convencidos de que a Coreia do Norte lançou um MRBM", um míssil balístico de médio alcance, afirmou a fonte americana, que se encontra na Arábia Saudita, onde o presidente Donald Trump faz uma visita de dois dias.

"Este sistema, testado em fevereiro pela última vez, tem um alcance menor que os mísseis lançados pela Coreia do Norte em seus três últimos testes", completou.

Mais cedo, o Estado-Maior Conjunto sul-coreano indicou que não havia conseguido identificar o projétil, mas que tinha alcance de 500 quilômetros.

"A Coreia do Norte lançou esta tarde um projétil não identificado em Pukchang, na província de Pyongan, sul", afirma um comunicado.

Na semana passada, a Coreia do Norte lançou um míssil de médio alcance Hwasong-12, o primeiro deste tipo.

O lançamento foi o 10º desde o início do ano.

Em 2016, o regime de Pyongyang disparou dezenas de mísseis e executou dois testes nucleares em sua tentativa de desenvolver um MRBM com capacidade de transportar uma ogiva nuclear até o continente americano.

O presidente americano Donald Trump afirmou que isto "não vai acontecer".

Pyongyang dispõe há algum tempo de mísseis com capacidade de atingir a Coreia do Sul (os Scud, com alcance de 500 km) e o Japão (os Rodong, com alcance entre 1.000 a 3.000 quilômetros).

O Hwasong-12 tem alcance estimado de 4.500 km e pode, em tese, atingir as bases americanas da ilha de Guam, no Pacífico.

AFP

 AFP