AFP

O embaixador da Coreia do Norte, Kim In Ryong, em Nova York, em 13 de março de 2017

(afp_tickers)

A Coreia do Norte responderá a "qualquer tipo de guerra" que os Estados Unidos provocarem, declarou nesta segunda-feira o representante norte-coreano ante a ONU, após a advertência do vice-presidente Mike Pence para que Pyongyang não coloque à prova a "determinação" de Washington.

"Se os Estados Unidos se atreverem a recorrer a uma opção militar (...) a RPDK (República Popular Democrática da Coreia) está pronta para reagir a qualquer tipo de guerra que os Estados Unidos desejarem", declarou o embaixador adjunto Kim In Ryong em uma coletiva de imprensa.

"Teremos a mais dura reação contra os provocadores", acrescentou.

A declaração acontece depois que o vice-presidente americano Mike Pence advertiu Pyongyang que não ponha à prova a determinação de Washington, depois de um novo teste de míssil da Coreia do Norte.

Kim disse que Pyongyang tomou medidas de legítima defesa em resposta às ameaças de ações militares dos Estados Unidos, que refletem sua determinação para "responder com mísseis nucleares e ICBM", em referência aos mísseis balísticos intercontinentais.

AFP

 AFP