AFP

O presidente Donald Trump em reunião de gabinete na Casa Branca

(afp_tickers)

A Corte de apelações de São Francisco confirmou nesta segunda-feira a suspensão do decreto migratório de Donald Trump por um tribunal federal do Havaí, infligindo um novo revés ao presidente americano sobre a medida polêmica, acusada de discriminar os muçulmanos.

"Confirmamos a liminar" que bloqueava um decreto presidencial proibindo a entrada nos Estados Unidos de "cidadãos de seis países por 90 dias", escreveu a Corte de apelação, que também anulou alguns detalhes da decisão judicial de primeira instância.

AFP

 AFP