Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional venezuelana, discursa na sede do Parlamento, em Caracas

(afp_tickers)

O chefe do Parlamento venezuelano, Diosdado Cabello, agradeceu ao presidente Raúl Castro pelo apoio de Cuba ao governo do presidente Nicolás Maduro, ao final de uma viagem à ilha, durante a qual visitou o líder Fidel Castro, informou um comunicado oficial neste domingo.

Cabello "levou as saudações do presidente Nicolás Maduro Moros ao general do Exército (Raúl Castro) e ao nosso povo e agradeceu a firme posição de Cuba em apoio à Revolução Bolivariana e Chavista e a união cívico-militar do povo venezuelano", destacou o texto publicado no jornal Juventud Rebelde.

Durante sua estadia, Cabello visitou o líder cubano Fidel Castro, afastado do poder desde 2006 por motivos de saúde, destacou o site governista Cubadebate, citando a conta de Cabello no Twitter.

"Quantos anos de luta e dignidade de um povo com seus líderes à frente, o comandante Fidel lhes envia saudações", escreveu Cabello.

Ele afirmou que se reunir "com o comandante Fidel é uma experiência extraordinária, é fonte viva de sabedoria, de nobreza, de amizade eterna".

Cabello foi recebido por Raúl Castro na tarde de sábado ao final de "uma visita de trabalho" a Cuba, sobre a qual não informaram os meios locais.

"Em amplo e frutífero intercâmbio, Raúl e Diosdado Cabello expressaram satisfação pelo excelente estado das relações bilaterais e seu desenvolvimento ascendente. Ainda assim, abordaram temas de interesse mútuo da agenda regional e internacional", informou o texto oficial.

A Venezuela é o principal aliado político e comercial de Cuba.

AFP