Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

As bandeiras de Estados Unidos e Cuba são vistas em Havana, no dia 17 de março de 2016

(afp_tickers)

Cuba e Estados Unidos avaliam em Havana vias para prevenir e enfrentar o terrorismo, no marco do processo de normalização de sus relações, informou nesta quinta-feira a chancelaria cubana.

Durante a reunião, celebrada na quarta-feira, as duas delegações analisaram "as possibilidades de cooperação" na "prevenção e no enfrentamento ao terrorismo", informou a chancelaria em comunicado.

"Concordaram sobre importância de avançar na cooperação nessa esfera e acordaram continuar os encontros técnicos sobre o tema no futuro", diz o texto.

Pelos Estados Unidos participaram do primeiro "encontro técnico" sobre terrorismo funcionários dos Departamentos de Segurança Interna e Justiça, enquanto que por Cuba compareceram representantes dos Ministérios do Interior e Relações Exteriores, da Procuradoria-Geral e da Alfândega Geral da República.

Estados Unidos e Cuba restabeleceram em julho passado suas relações diplomáticas após meio século de ruptura e confrontação política, e agora avançam no longo e difícil processo de normalização completa de suas relações bilaterais.

Desde que anunciaram o histórico degelo, em dezembro de 2014, ambos países sustentaram encontros sobre diversos temas, como direitos humanos, cooperação antidrogas e contra a lavagem de dinheiro, saúde, aviação civil, telecomunicações, proteção do meio ambiente, comércio e investimentos.

AFP