Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O déficit orçamentário cresceu a 666 bilhões de dólares no ano fiscal de 2017, uma alta de 13,6% em relação ao ano anterior

(afp_tickers)

O déficit orçamentário cresceu a 666 bilhões de dólares no ano fiscal de 2017, uma alta de 13,6% em relação ao ano anterior, de acordo com dados oficiais divulgados nesta sexta-feira (20).

O déficit agora representa 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB), ante 3,2% em 2016.

"O crescimento dos gastos superou o crescimento em receita com impostos pelo segundo ano seguido, como resultado de um crescimento econômico historicamente insuficiente", diz uma nota do Departamento de Tesouro.

Contudo, o déficit geral está em 80 bilhões de dólares abaixo da previsão.

"Os resultados atuais do orçamento destacam a importância de atingir o crescimento econômico robusto e sustentável. Por meio de uma combinação de reforma fiscal e alívio regulatório, esse país pode voltar para níveis mais altos de expansão do PIB, ajudando a apagar nosso déficit fiscal", disse o secretário de Tesouro, Steven Mnuchin.

"Esses números devem servir como um sinal de fumaça para Washington, um lembrete de que precisamos que a economia cresça de novo e organizar nossa situação fiscal", acrescentou Mick Mulvaney, diretor do escritório de Gestão e Orçamento.

A nota ainda disse que contribuíram para a alta os gastos maiores com previdência social, programas médicos governamentais voltados para idosos, pessoas de baixa renda e com deficiência, bem como os juros sobre a dívida pública.

"Maiores gastos da Agência de Gestão de Emergências (Fema) para socorro e recuperações dos furacões também contribuíram para a alta", afirmou.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP