Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Presidente americano Donald Trump

(afp_tickers)

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos rejeitou nesta quarta-feira (6) uma proposta de pedido de impeachment do presidente Trump, apresentado por um congressista democrata.

A votação, de 364 a 58, afastou a resolução do democrata liberal Al Green para iniciar os processos de impeachment contra o presidente republicano. O voto não foi sobre o impeachment, mas sobre a apresentação da proposta.

Green usou o chamado "movimento privilegiado" para forçar uma votação sobre o assunto. Todos os republicanos se opuseram à moção, juntamente com 126 democratas.

Nancy Pelosi, líder da minoria da casa, disse que seria importante permitir que comitês do Congresso investigassem a interferência russa nas eleições dos EUA e um possível conluio de Moscou com a campanha Trump.

"A investigação do procurador especial também avançam, e esses inquéritos devem ser autorizados a continuar", acrescentou, referindo-se a Robert Mueller.

Green introduziu em outubro procedimentos de impeachment, mas forçou a votação na quarta-feira.

"Eu amo meu país. Por essa razão, trarei propostas de impeachment para votação na Câmara dos Deputados", escreveu Green em uma carta aos colegas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP