Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Manifestantes pró-aborto passam a madrugada em frente à Assembleia Nacional, em Buenos Aires

(afp_tickers)

A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou nesta quinta-feira em primeira leitura a legalização do aborto até a 14ª semana de gestação, um projeto que passará agora ao Senado.

A votação foi de 129 deputados a favor, 125 contrários e uma abstenção, anunciou o presidente da Câmara, Emilio Monzó.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP