Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Bandeira espanhola, em Madri

(afp_tickers)

Duas pessoas em motocicletas lançaram nesta quinta-feira coquetéis molotov contra a embaixada da Espanha em Caracas, sem provocar vítimas, informou o Ministério Público.

O MP tem informações de que duas pessoas "se aproximaram da frente da embaixada e atiraram vários artefatos incendiários, que colocaram em risco a segurança da sede diplomática".

Ramón Muchacho, prefeito do município de Chacao, onde está situada a embaixada, enviou à AFP fotos de uma garrafa com gasolina e um pedaço de pano vermelho, e de uma mancha negra na parede do prédio.

Segundo testemunhas, um dos coquetéis molotov não incendiou devido à forte chuva que caía no momento do ataque.

Uma funcionária da embaixada disse não estar autorizada a comentar o incidente.

O MP não relacionou o ataque à atual crise política na Venezuela, que tem a Espanha como um dos principais críticos ao governo do presidente Nicolás Maduro.

Após a eleição da Assembleia Constituinte promovida por Maduro, o governo de Mariano Rajoy impôs sanções contra o presidente na União Europeia.

AFP