Navigation

Desemprego no Uruguai subiu para 10,2% em maio

Plaza Independecia, no bairro de Ciudad Vieja, em Montevidéu afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 29. junho 2021 - 19:51
(AFP)

A taxa de desemprego no Uruguai ficou em 10,2% em maio, com um aumento de 0,5 ponto percentual em relação a abril, informou nesta terça-feira (29) o Instituto Nacional de Estatística (INE).

A taxa, que significa 172.000 desempregados, era ligeiramente menor em Montevidéu (9,5%) do que no resto do país (10,7%), e a falta de trabalho ocorria mais entre mulheres (11,6%) do que entre homens (9%).

O relatório do INE indica ainda que a taxa de empregabilidade - número de pessoas com trabalho em relação ao número de pessoas em idade ativa - diminuiu um pouco em maio, com 54,5% frente os 55% de abril.

Outro indicador, incorporado ao contexto de uma pandemia, é a incidência de teletrabalho efetivo.

Em maio, 18,4% dos ocupados declararam ter trabalhado remotamente na semana anterior. Esse número diminuiu mês a mês entre abril de 2020 - quando chegou a 19,3% - até setembro, quando caiu para 7,5%, mas voltou a aumentar desde então.

O INE destaca que desde abril de 2020, por causa do contexto da emergência sanitária, realiza sua pesquisa por telefone e não pessoalmente, e informa que "os resultados atuais não são estritamente comparáveis" com os obtidos com a metodologia anterior.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?