AFP

Dustin Hoffman e a mulher, Lisa, chegam ao evento, em um hotel de Cap d'Antibes

(afp_tickers)

Leonardo DiCaprio, Dustin Hoffman, Nicole Kidman e Will Smith foram algumas das estrelas presentes nesta quinta-feira à noite no tradicional baile beneficente de luta contra aids que arrecadou mais de 18 milhões de euros durante o Festival de Cannes.

Ricos e famosos pagaram até 500.000 dólares por uma mesa no evento organizado pela fundação americana amfAR no luxuoso hotel Eden Roc em Cap d'Antibes, perto de Cannes e onde ficam hospedadas muitas estrelas durante o festival.

As atrizes Jessica Chastain, Milla Jovovich e Eva Longoria, David Beckham, o diretor David Lynch e o presidente do júri do Festival este ano, o cineasta Pedro Almodóvar, também estavam presentes na festa, que foi criada pela falecida atriz Elizabeth Taylor.

O objetivo era superar os 22 milhões de euros arrecadados no ano passado, quando DiCaprio - que atuou como leiloeiro - vendeu uma escultura do artista britânico Damien Hirst por 3,1 milhões de euros, assim como a possibilidade de passar um dia com o ator Kevin Spacey por meio milhão de euros.

Este ano, os lotes à venda incluíam uma semana em um complexo exclusivo nas Maldivas para 60 pessoas, um luxuoso Jaguar XK150 de 1958 completamente renovado e um fim de semana para 30 pessoas em um iate majestoso.

Já David Beckham leiloou uma partida de futebol contra ele e seus amigos no gramado do Parc des Princes, arrematada por 350.000 euros.

Will Smith e Jessica Chastain, membros do júri deste 70º Festival de Cannes, lutaram para vender uma coleção de retratos feitos por George Hurrell de grandes estrelas hollywoodianas nos anos 40 e 50.

O lote foi arrematado por 500.000 euros.

Para os "mais modestos" também estava à veda uma estátua de 14 metros criada especialmente para a ocasião pelo artista francês JR.

Desde o início do baile da amfAR no Festival de Cannes de 1993, o evento de luta contra a aids arrecadou mais de 174 milhões de euros.

AFP

 AFP