Navigation

Detectados na Bélgica quatro casos da nova cepa de coronavírus

Seguindo os passos da Holanda, onde a suspensão dos voos de passageiros procedentes do Reino Unido entrou em vigor neste domingo e será mantida até 1o de janeiro, Bélgica e Itália anunciaram que também suspenderão suas conexões aéreas britânicas afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 22. dezembro 2020 - 19:30
(AFP)

Quatro casos de contágio pela nova cepa de coronavírus foram detectados na Bélgica no início de dezembro, informaram autoridades sanitárias belgas nesta terça-feira (22), confirmando informações veiculadas pela imprensa.

"Quatro casos foram detectados no início de dezembro, cerca de quinze dias atrás", disse à AFP Yves Van Laethem, porta-voz do combate à pandemia na Bélgica.

"É pouco, mas não é impossível que haja mais", acrescentou.

"Como muitos países, não rastreamos tantas cepas quanto os ingleses, que fazem um trabalho enorme nesse nível", explicou o infectologista.

Segundo ele, a Inglaterra realiza de 10 a 20 vezes mais "tipificação" de cepas de vírus do que a Bélgica.

O especialista questionou a utilidade do fechamento das fronteiras com o Reino Unido que a maioria dos países europeus impôs.

"O inimigo já não está entre nós? Não sei se isso é impossível", considerou Van Laethem.

"Este fechamento pode ser tarde demais, já que começamos a encontrar casos dessa cepa inglesa em setembro", acrescentou.

Os quatro casos identificados na Bélgica são de nacionalidade belga, segundo ele.

Um porta-voz do Ministério da Saúde informou que, entre eles, três foram detectados na Flandres Oriental (nordeste) e um na Flandres Ocidental (noroeste).

O surgimento de uma nova variante do coronavírus no Reino Unido, que poderia ser mais contagiosa do que as outras, gerou grande preocupação.

A filial europeia da Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu no domingo que os controles sejam reforçados para detectar melhor os possíveis casos dessa nova cepa.

De acordo com a OMS, formas semelhantes foram detectadas na Austrália (um caso), Dinamarca (9), Holanda (1) e África do Sul. A Itália também anunciou um primeiro caso detectado no domingo.

Partilhar este artigo