Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Três pessoas morreram em um tiroteio ocorrido na noite desta quarta-feira em uma loja de departamentos Walmart no Colorado

(afp_tickers)

As autoridades prenderam um homem suspeito de entrar em uma loja do Walmart no Colorado e atirar contra dois homens e uma mulher, informou a Polícia nesta quinta-feira (2).

O tiroteio da noite de quarta-feira em Thornton, no norte de Denver, Colorado, ocorreu um mês depois que um agressor abriu fogo contra a multidão que participava de um show em Las Vegas, deixando 58 mortos, no ataque a tiros mais violento da história recente dos Estados Unidos.

A Polícia identificou o suspeito como Scott Ostrem, de 47 anos.

O porta-voz da Polícia Victor Avila disse que o suspeito entrou calmamente na loja do Walmart às 18h10 locais de quarta-feira.

"Entrou muito despreocupadamente com as mãos nos bolsos, levantou uma arma e começou a atirar. Depois se virou e caminhou para fora da loja", disse Avila ao Denver Post.

"De acordo com o que temos até o momento, parece que foi aleatório. Vivemos em um mundo louco", acrescentou.

A Polícia informou que os mortos são dois homens e uma mulher. Esta última faleceu no hospital.

Segundo um estudo divulgado no mês passado, mais de 33.000 pessoas morrem anualmente em ações com armas nos Estados Unidos, um país onde o direito de portar armamento está assegurado na Constituição e a compra de uma pistola ou um fuzil não encontra grandes obstáculos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP