Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Dois camicazes iemenitas membros do grupo extremista Estado Islâmico, que planejavam ataques contra edifícios militares em Riad, foram detidos antes de executar os atentados

(afp_tickers)

Dois camicazes iemenitas membros do grupo extremista Estado Islâmico (EI), que planejavam ataques contra edifícios militares em Riad foram detidos antes de executar os atentados, anunciaram as autoridades sauditas em um comunicado.

O "ataque terrorista do EI consistia em atentados suicidas com coletes explosivos e tinha como alvos dois centros pertencentes ao ministério da Defesa em Riad", segundo comunicado difundido pela agência noticiosa saudita.

A operação da Polícia saudita, cuja data não foi informada, permitiu "deter os dois camicazes (...) antes de alcançarem seus objetivos".

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP