Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Policial turco patrulha rua de Ancara, em 16 de abril de 2017

(afp_tickers)

As autoridades turcas detiveram neste sábado (28) 49 supostos membros do grupo extremista Estado Islâmico (EI) em Ancara, alguns dos quais eram suspeitos de preparar um atentado durante a festa nacional turca, que se celebra neste domingo, noticiou a agência estatal Anadolu.

No total, foram emitidas ordens de detenção contra 55 supostos membros da organização EI de nacionalidade estrangeira, explicou a Anadolu, que não deu mais detalhes.

A agência de notícias assegurou que algumas das 49 pessoas detidas em Ancara pela manhã preparavam um atentado para o dia da festa nacional turca.

Além disso, quatro pessoas, também suspeitas de preparar um atentado por conta do EI, foram detidas em Istambul à tarde, no estacionamento de um centro comercial da margem europeia da cidade, segundo a Anadolu.

Uma bomba caseira foi encontrada em seu veículo, acrescentou a agência privada Dogan, ressaltando que um dos suspeitos ficou ferido durante a detenção.

Vários atentados mortais foram registrados na Turquia nos últimos dois anos, atribuídos ou reivindicados pelo EI. O último deixou 39 mortos em uma discoteca de Istambul na noite de Ano Novo.

Desde então, as autoridades procedem regularmente à detenção de supostos "terroristas" e intensificaram medidas de segurança.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP