Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) A presidente Dilma Rousseff agradeceu neste domingo à seleção brasileira por dar 'momentos de alegria' durante a Copa do Mundo aos brasileiros, apesar das derrotas por 1x7 contra a Alemanha e por 0x3 contra a Holanda, que deixaram o país em quarto lugar

(afp_tickers)

A presidente Dilma Rousseff agradeceu neste domingo à seleção brasileira por dar "momentos de alegria" durante a Copa do Mundo aos brasileiros, apesar das derrotas por 1x7 contra a Alemanha e por 0x3 contra a Holanda, que deixaram o país em quarto lugar.

"Queridos jogadores e querida comissão técnica: vocês e o futebol são maiores do qualquer resultado passageiro", disse Dilma em uma carta dirigida à seleção brasileira.

O resultado sofrido pelo Brasil nas semifinais contra a Alemanha foi a maior derrota histórica da seleção em um Mundial, comparada por muitos torcedores ao 'Maracanazo' de 1950, quando o Brasil perdeu a final contra o Uruguai por 2x1.

"Nós, brasileiros, não levantamos a taça, mas realizamos a Copa das Copas", afirmou a presidente. "Sem vocês, isso jamais seria possível", completou.

"O que permanecerá mais forte no coração do nosso povo serão os momentos de alegria que vocês nos proporcionaram nesta Copa e que, seguramente, nos garantirão em Copas futuras", disse com otimismo.

Dilma, que após as derrotas se queixou das instituições do futebol brasileiro e de que os jogadores partem muito jovens para o exterior, voltou a pedir uma reforma.

"Saberemos aproveitar as lições de agora para melhorar ainda mais o futebol, dentro e fora dos estádios. É assim que vamos ampliar a história de sucesso da nossa seleção", afirmou.

AFP