Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Soldados israelenses sse reúnem na fronteira com a Faixa de Gaza.

(afp_tickers)

Quatro foguetes de Gaza foram disparados contra Jerusalém nesta quinta-feira, dois deles foram interceptados sobre a cidade e dois outros caíram em zonas desabitadas, declarou o Exército israelense.

Um dos foguetes caiu perto da colônia de Ma'ale Adumim, a leste de Jerusalém, na Cisjordânia ocupada, e um outro perto de uma prisão militar israelense, segundo testemunhas e fontes da segurança palestina.

"Quatro foguetes foram disparados contra Jerusalém, dois deles caíram em zona desabitadas, e os dois outros foram interceptados", declarou à AFP um porta-voz militar israelense, sem dar outras informações.

Três violentas explosões foram registradas em Jerusalém, pouco após as sirenes de alerta soarem na cidade, obrigando os habitantes a buscarem abrigo, constatou um correspondente da AFP no local.

Esta é a segunda vez em dois dias que as sirenes de alerta soam em Jerusalém, enquanto que o Exército israelense e o Hamas palestino travam um conflito em Gaza.

As sirenes também foram acionadas na colônia de Ma'ale Adumim, a leste de Jerusalém, na Cisjordânia ocupada, segundo testemunhas.

Testemunhas disseram à AFP que uma explosão atingiu uma zona desabitada em Mishor Adumim, área industrial próxima de Ma'ale Adumim.

Mais ao norte, fontes da segurança palestina indicaram que um foguete foi abatido perto de Ofer, uma prisão militar israelense a oeste de Ramallah.

O exército israelense prossegue nesta quinta-feira, pelo terceiro dia consecutivo, uma ofensiva mortal contra a Faixa de Gaza em resposta aos disparos de foguetes a partir do enclave palestino.

AFP