Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Juan Manuel Santos, presidente colombiano, em 22 de maio de 2015 em Bogotá

(afp_tickers)

Dois guerrilheiros morreram neste sábado em combates com o exército colombiano no departamento de Nariño, sudoeste do país, informaram as Forças Armadas.

Os dois guerrilheiros abatidos pertenciam à coluna móvel Daniel Aldana das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc, comunistas) e estavam combatendo em Tumaco, departamento de Nariño.

Um dos corpos "foi levado pelas tropas", enquanto o "segundo foi tomado de forma violenta pela população civil", disse um comunicado militar.

Após o confronto, o exército apreendeu um fuzil com lança-granadas, um morteiro, três pistolas, munições e explosivos, além de 5,7 quilos de pasta base de cocaína, entre outros elementos.

O governo de Juan Manuel Santos iniciou em 2012 diálogos de paz com as Farc em Cuba, para colocar fim a 50 anos de conflito.

Os diálogos de paz ocorrem sem que tenha sido decretada uma trégua bilateral na Colômbia, já que Santos considera que a guerrilha a utilizaria para se fortalecer.

AFP