Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Posto de gasolina em Nova Délhi, em 29 de setembro de 2016

(afp_tickers)

Dois municípios da Colômbia recusaram, por ampla maioria, a exploração de minérios e hidrocarburetos em consultas populares realizadas neste domingo (9), para proteger o meio ambiente.

No município de Arbeláez, em Cundinamarca, no centro do país, o "não" à exploração teve 98,54% dos votos (4.312). Em Pijao, no estado de Quindío, 97,7% da população rejeitou a exploração de minas de ouro.

O prefeito de Arbeláez, Jorge Alberto Godoy, explicou à imprensa que há 15 pontos de exploração de hidrocarburetos em sua cidade, o que motivou a população a se mobilizar contra essas atividades.

Ele garantiu que a decisão não afeta negativamente a cidade. "(A atividade petroleira) não tinha gerado uma demanda maciça de mão-de-obra, o que quer dizer que não afeta em nada a economia do nosso município, que é 100% agrícola e agropecuária", explicou.

AFP