Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Placa de Wall Street próximo a bandeiras americanas

(afp_tickers)

Wall Street fechou nesta terça-feira em baixa em meio a renovadas tensões entre Estados Unidos e Coreia do Norte, rompendo a série de nove recordes seguidos do Dow Jones.

As ações tinham ganhado terreno, mas caíram ao fim da sessão quando o presidente Donald Trump advertiu Pyongyang que responderá com "fogo e ira" se o país prosseguir com ameaças aos Estados Unidos pelo desenvolvimento de seu arsenal nuclear.

Os três índices principais caíram 0,2%. O industrial Dow Jones recuou 32,99 unidades, a 22.085,43, após quase duas semanas de fechamentos recordes. O S&P 500 caiu 2.474,92 unidades e o tecnológico Nasdaq 13,31 unidades.

"Os investidores tinham ficado quietos diante de cada um dos 11 testes de mísseis de Pyongyang neste ano, mas a forte declaração de Trump hoje claramente elevou a aposta", disse o site Briefing.com.

AFP