Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Duas cabeças humanas foram localizadas no último final de semana em diferentes pontos do centro da Cidade do México, uma delas oculta em uma mala, informou nessa segunda a procuradoria da capital

(afp_tickers)

Duas cabeças humanas foram localizadas no último final de semana em diferentes pontos do centro da Cidade do México, uma delas oculta em uma mala, informou nessa segunda a procuradoria da capital.

"Na madrugada de domingo foi encontrada uma mala com a cabeça de um homem dentro", informou à AFP uma funcionária da procuradoria. A mala foi encontrada em uma rua de Tepito, um dos bairros mais perigosos da capital mexicana.

De acordo com a imprensa local, ao lado da mala foi encontrada uma mensagem ao estilo do crime organizado.

No sábado, na colônia de Atlanta, moradores relataram que uma sacola preta havia sido deixada em uma esquina. Em seu interior, agentes de polícia da capital encontraram a cabeça de outro homem, junto com uma mão e os braços, informou a funcionária.

O procurador da Cidade do México, Rodolfo Ríos, anunciou no domingo que os dois casos estão sendo investigados.

As autoridades mexicanas insistiram que os cartéis de drogas que aterrorizam outras partes do país não chegaram na capital.

No entanto, doze sacolas restos de três pessoas foram encontradas em vários trens de uma área alfandegária em uma estação ferroviária da Cidade de México em maio de 2015.

Em agosto de 2013, em uma região montanhosa próxima à Cidade do México, foram encontrados os cadáveres de 13 jovens que haviam sido sequestrados ao saírem de um bar da capital.

O crime organizado tem presença forte em Morelos e no Estado de México, duas regiões próximas à Cidade do México e onde sequestros, assassinatos e decapitações são frequentes.

AFP