A companhia aérea britânica de baixo custo EasyJet registrou perdas quadruplicadas nesta sexta-feira no primeiro semestre do ano fiscal de 2018-2019 e permanece prudente para o resto do ano devido às condições desfavoráveis do mercado, principalmente ligadas ao Brexit.

O grupo anunciou uma perda após impostos de 218 milhões de libras, quatro vezes mais do que os registrados um ano antes (54 milhões de libras), segundo um comunicado.

O primeiro semestre do ano contábil da EasyJet, que vai de outubro a março, é tradicionalmente uma época de pouco lucro para o transporte aéreo no hemisfério norte, ao contrário das estações turísticas da primavera e do verão.

No entanto, a EasyJet sofreu mais do que o habitual devido a vários fatores, incluindo a persistência do impacto negativo da incerteza sobre o Brexit e a desaceleração econômica na Europa.

A companhia aérea também alertou que espera receitas para o segundo semestre "em um pequeno recuo".

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.