Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O missionário espanhol Miguel Pajares é transportado da base aérea de Torrejon, em Madri, para o hospital Carlos III, em 7 de agosto de 2014

(afp_tickers)

Uma pessoa que pode ter contraído o vírus do Ebola, primeiro caso possível na Espanha desde a morte do missionário dessa nacionalidade repatriado em Madri, em 7 de agosto, foi colocada em isolamento em um hospital especializado em Alicante - anunciaram as autoridades de Saúde neste sábado à noite.

Exames foram realizados no paciente, "mas os resultados serão divulgados na próxima semana, talvez segunda", disse uma fonte hospitalar em Alicante.

Em nota, o Departamento de Saúde da região de Valencia declarou ter "ativado, de maneira preventiva, o protocolo previsto no caso de suspeita da presença do vírus Ebola".

"O paciente está internado no hospital San Juan em Alicante, em um estado clínico estável, em uma zona isolada", completou o comunicado.

Segundo as autoridades sanitárias, "trata-se de um paciente, que apresenta um quadro clínico e epidemiológico que pode corresponder ao dessa doença".

Outros casos suspeitos foram detectados na Espanha desde o início da epidemia, que já deixou mais de 1.100 mortos desde o início do ano. Nenhum dos casos foi confirmado.

AFP