Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Pessoas lêem um folheto explicativo sobre o ebola em uma clínica pública da Libéria

(afp_tickers)

Guiné-Bissau decidiu fechar suas fronteiras com a Guiné, um dos três países mais atingidos pela epidemia do vírus Ebola, anunciou nesta terça-feira o primeiro-ministro Domingos Simoes Pereira.

"À luz das informações fornecidas pelo ministro da Saúde, após uma série de consultas, o Governo da Guiné-Bissau decidiu fechar até nova ordem suas fronteiras com a Guiné-Conakry ", disse Pereira durante uma coletiva de imprensa.

AFP