Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O chanceler egípcio, Sameh Choukri

(afp_tickers)

O Egito anunciou que suspenderá, a partir desta quinta-feira (20), a entrega de vistos aos cidadãos do Catar que chegarem ao país, em meio à grave crise regional com o vizinho, acusado de apoiar o terrorismo.

Não serão afetados pela medida os cônjuges de egípcios, nem os estudantes, que terão um visto de turismo para entrar no território, informou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Ahmed Abu Zeid.

Egito, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Bahrein romperam relações com Doha e lhe submeteram uma lista com 13 exigências. Entre elas, está deixar de apoiar a Irmandade Muçulmana e fechar o canal de televisão Al-Jazeera.

AFP