Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente congolês, Joseph Kabila, fala na tribuna da ONU, em 23 de setembro de 2017, em Nova York

(afp_tickers)

As eleições presidencial, legislativas, provinciais e municipais na República Democrática do Congo (RDC) foram marcadas para 23 de dezembro de 2018 - informou uma fonte oficial neste domingo (5).

Essas "eleições diretas" serão organizadas em um único turno, no domingo de 23 de dezembro de 2018, declarou o relator da Comissão Eleitoral, Jean-Pierre Kalamba, em uma cerimônia oficial para a publicação do calendário.

Segundo a Comissão Eleitoral Nacional Independente (Ceni), o anúncio dos primeiros resultados da disputa presidencial será em 30 de dezembro de 2018.

Os resultados definitivos serão conhecidos em 9 de janeiro de 2019. O novo presidente toma posse em 12 de janeiro de 2019, acrescentou a Ceni.

De acordo com o presidente da Comissão, Corneille Nangaa, esse calendário se baseia no "princípio da racionalização do sistema eleitoral para reduzir o custo das eleições".

A divulgação dessas datas acontece em um contexto político ainda tenso, devido à permanência no poder do presidente Joseph Kabila, após o fim de seu mandato em 20 de dezembro de 2016.

A oposição já se manifestou, rejeitando o novo cronograma eleitoral, e voltou a exigir a saída de Kabila até o fim deste ano.

"Rejeitamos o calendário de Corneille Nangaa. O que nos interessa no momento é a saída de Kabila em 31 de dezembro de 2017", disse à AFP um porta-voz do partido histórico de oposição UDPS, Augustin Kabuya.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP