Navigation

Eleitores de Macri marcham em apoio à sua reeleição na Argentina

O presidente argentino, Mauricio Macri afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 24. agosto 2019 - 22:17
(AFP)

Milhares de pessoas foram às ruas neste sábado em Buenos Aires manifestar apoio à reeleição do presidente Mauricio Macri nas eleições de 27 de outubro, depois de ter sofrido um revés nas primárias de 11 de agosto, quando obteve 32% dos votos.

Com bandeiras argentinas, os manifestantes se reuniram no Obelisco portenho e caminharam até a histórica Praça de Maio com frases de apoio ao liberal Macri, que enfrenta seu momento político mais difícil, em meio à recessão econômica e à instabilidade financeira.

A manifestação, organizada pelas redes sociais, acontece depois do revés eleitoral nas eleições primárias, favoráveis a seu principal rival político, o peronista de centro-esquerda Alberto Fernández, que obteve mais de 47% dos votos.

O resultado deixou Fernández como favorito e com a possibilidade de vencer no primeiro turno, para o que são necessários 45% dos votos ou 40% e uma diferença de pelo menos dez pontos sobre o segundo mais votado.

Fernández tem como candidata a vice-presidente a ex-chefe de Estado Cristina Fernández de Kirchner (2007-2015).

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.