Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente Juan Manuel Santos (centro), seu ministro da Defesa, Luis Carlos Villegas (esq.), e o delegado para paz Rodrigo Rivera firmam o cessar fogo com o ELN, no Palácio Nariño, em 29 de setembro de 2017

(afp_tickers)

O Exército de Libertação Nacional (ELN) deu início, neste domingo (1º), a sua primeira trégua temporária e recíproca em meio século de confronto com as Forças Armadas na Colômbia.

"A partir deste momento e, como disse nosso comandante Nicolás Rodríguez, o ELN cumprirá o cessar-fogo bilateral de forma plena", declarou a delegação de paz do grupo rebelde em sua conta no Twitter.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP