Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Uma empresa chinesa testa um estacionamento automático com robôs que erguem os automóveis localizados em plataformas e os colocam nas vagas de estacionamento

(afp_tickers)

Uma empresa chinesa testa um estacionamento automático com robôs que erguem os automóveis localizados em plataformas e os colocam nas vagas de estacionamento, o que permite otimizar o espaço e reduzir o estresse dos motoristas.

A empresa Hikvision está testando seu estacionamento robotizado em Wuzhen, uma cidade de 60.000 habitantes situada 100 km ao sul de Xangai, no leste da China.

"O objetivo é encontrar uma solução ao problema do estacionamento dos automóveis", indicou Wu Yonghai, responsável de robótica da Hikvision, que aponta o atraso chinês neste segmento tecnológico.

"Em termos de tecnologia e tamanho, o setor ainda se encontra em sua infância", disse Wu Yonghai.

A maioria das empresas do setor estão dedicadas à robotização da produção industrial e muito poucas aos serviços, desde a concepção de aparelhos domésticos ou de ajuda às pessoas.

No entanto, em 2019 a China representará 40% da indústria dos robôs no mundo, segundo a Federação Internacional de Robótica.

Recentemente, o gigante chinês dos eletrodomésticos Midea comprou o fabricante alemão de maquinaria Kuka.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP