Navigation

Empresa dos EUA cria ônibus sem motorista

O Cruise Origin, veículo autônomo sem volante afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 22. janeiro 2020 - 17:07
(AFP)

Não perca tempo buscando o volante e os pedais do novo ônibus autônomo criado pela Cruise, uma companhia emergente do grupo americano General Motors. Ele não precisa.

O novo ônibus é "nossa resposta a seguinte pergunta: que sistema de transporte você faria se pudesse começar do zero?" - explicou o diretor-executivo da Cruise, Dan Ammann, ao apresentar o ônibus autônomo elétrico Cruise Origin.

"Retiramos o motor e o motorista, que na maioria das vezes está cansado, distraído, frustrado e com pressa. Retiramos as coisas que existiam para o uso do motorista, entre elas o volante, pedais, retrovisores, limpador de para-brisa e banco".

A Cruise informou que o Origin é um veículo criado para o transporte compartilhado, mas não deu detalhes sobre sua data de comercialização ou preço.

A General Motor comprou a empresa em 2016, entrando na corrida pela criação de veículos autônomos capazes de mudar o trânsito urbano, permitindo viagens compartilhadas e reduzindo a importância do automóvel próprio.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.