A entrega de mísseis russos S-400, iniciada na sexta-feira, continuou neste sábado (13) em Ancara - anunciou o Ministério da Defesa da Turquia, apesar das advertências do governo dos Estados Unidos, onde vários membros do Congresso pediram sanções.

Washington considera que existe risco de que, com a compra de sistemas russos por Ancara, os militares da Rússia possam acessar os segredos tecnológicos do novo caça americano F-35, que a Turquia quer comprar.

Os Estados Unidos estimam também que os S-400 não são compatíveis com os dispositivos de identificação de alvos da Otan, aliança de defesa à qual a Turquia pertence.

Vários membros do Congresso americano, tanto republicanos quanto democratas, exigiram a anulação das entregas de caças F-35 a Ancara e sanções contra as autoridades turcas envolvidas no acordo com a Rússia.

Até agora, porém, o governo turco ignorou todas as advertências, e na quarta-feira passada pediu a Washington para não tomar medidas que possam "prejudicar as relações" bilaterais.

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.