Navigation

Equador expulsa embaixadora da Venezuela

(Arquivo) O presidente do Equador, Lenín Moreno afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 18. outubro 2018 - 17:13
(AFP)

O Equador expulsou nesta quinta-feira a embaixadora da Venezuela, Carol Delgado, por comentários "ofensivos" contra o presidente Lenín Moreno expressos pelo ministro da Comunicação e Informação da Venezuela, Jorge Rodríguez, informou o ministério das Relações Exteriores.

"Diante das expressões ofensivas formuladas ontem pelo ministro de Comunicação e Informação da República Bolivariana da Venezuela, Jorge Rodríguez, contra o presidente equatoriano, Lenín Moreno Garcés, o Governo Nacional decidiu expulsar de nosso país a embaixadora da Venezuela no Equador", anunciou o ministério das Relações Exteriores em um comunicado.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.