AFP

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, durante discurso na sede do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP), em Ancara, em 2 de maio de 2017

(afp_tickers)

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, tomou a defesa do Catar nesta terça-feira (6), afirmando que a Turquia quer "desenvolver" suas relações com esse país sujeito a sanções "que não são boas", impostas por parte da Arábia Saudita e de seus aliados, entre eles os EUA.

"Não achamos boas as sanções tomadas contra o Catar", declarou Erdogan, em um discurso feito em Ancara.

"Vamos prosseguir e desenvolver nossas relações com o Catar, assim como com todos nossos amigos que nos apoiaram nos momentos mais difíceis, sobretudo, no golpe de 15 de julho (de 2016)", completou.

AFP

 AFP