Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, discursa durante encontro do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP) em Ancara, capital do país, em 17 de abril de 2018

(afp_tickers)

As autoridades turcas decidiram nesta terça-feira (17) prolongar em três meses - pela sétima vez consecutiva - o estado de emergência instaurado imediatamente após a tentativa de golpe de Estado em 15 de julho de 2016.

Esta decisão foi tomada durante um Conselho de Segurança Nacional em Ancara sob a presidência de Recep Tayyip Erdogan, afirmaram os serviços do chefe de Estado em comunicado.

Segundo o texto, durante a reunião "foi decidido recomendar ao governo prolongar o estado de emergência para permitir a manutenção de medidas direcionadas a proteger os direitos e liberdades de nossos cidadãos".

Em um informe publicado nesta terça-feira, a Comissão Europeia pediu que Ancara suspenda o estado de emergência "sem demora".

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP