Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Foto de satélite do NOAA-NAS GOES Project mostra tempestade cobrindo a Flórida em 31 de julho de 2017

(afp_tickers)

A tempestade tropical Emily gerou uma declaração de emergência depois de se formar rapidamente na manhã desta segunda-feira na costa oeste da Flórida, onde se esperam inundações à medida que a tempestade atravessar este estado do sudeste dos Estados Unidos.

Emily, que se formou no Golfo do México, tocou terra nesta segunda-feira e se dirige a 17 km/hora para o oceano Atlântico, atravessando a península da Flórida pela sua zona centro-sul, segundo meteorologistas.

Às 14H00 locais (15H00 de Brasília), Emily estava 50 km ao sudeste de Tampa e registrava ventos máximos sustentados de 65 km/hora, de acordo com um boletim do Centro Nacional de Furacões (NHC), com sede em Miami.

Atualmente não há ordens de evacuação, mas o governador da Flórida, Rick Scott, declarou estado de emergência para ativar os recursos e a resposta de agências locais e estatais.

"Nós floridenses acordamos nesta manhã com a notícia de que um sistema tropical estava caindo sobre nossa costa do Golfo", disse Scott em um comunicado, alertando de probabilidades de inundações, tornados e perigosas rajadas na costa oeste.

A Guarda Costeira americana informou que resgatou pela manhã dois pescadores cujo bote naufragou pelas ondas. Foram encontrados a salvo, agarrados a um farol da Baía de Tampa.

De acordo com a trajetória projetada, a tempestade atravessará a Flórida durante a noite de segunda-feira e estará em águas atlânticas na manhã de terça-feira como uma depressão tropical, para eventualmente se dissipar no oceano sem atingir outras costas.

Atualmente há alertas de tempestade tropical para a costa oeste da Flórida, de Englewood até Bonita Beach, nos arredores de Fort Myers.

Os ventos de Emily se estendem 95 km a partir do seu centro.

A tempestade produzirá acumulações de chuva de 5 a 10 cm entre Tampa e Naples e existe a possibilidade de que se formem tornados nas zonas centro e sudeste da península da Flórida.

Emily é a quinta tempestade com nome que se forma no Atlântico nesta temporada de furacões, que começou em 1 de junho e terminará em 30 de novembro.

AFP