Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Agosto) Turistas tiram selfie nos arredores de Saputara, Índia

(afp_tickers)

Três estudantes que faziam uma selfie em uma ponte ferroviária na cidade de Bidadi, no estado de Karnataka, sul da Índia, morreram atropelados por um trem, informou nesta terça-feira a polícia local.

"Encontramos os corpos mutilados na linha e abriu-se uma investigação", disse à AFP R S Bylanjaiah, um responsável da polícia ferroviária.

A Índia é o país do mundo com mais mortes por selfies, com 60% do total mundial, segundo um estudo realizado entre março de 2014 e setembro de 2016.

No mês passado, um homem foi esmagado por um elefante no estado de Odisha quando queria fazer uma foto junto com o animal. Em novembro três estudantes foram atropelados por um trem no norte do país.

Mumbai, a capital econômica da Índia, decretou 16 áreas onde as selfies são proibidas após diversas mortes.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP