AFP

Guindastes em uma construção de Hudson Yards, em Nova York, em 7 de fevereiro de 2017

(afp_tickers)

Os gastos no setor da construção nos Estados Unidos caíram 0,2% no mês de março, enquanto o indicador de fevereiro foi revisto para cima (1,8%) e representa um recorde histórico que supera o pico de fevereiro de 2006, em plena bolha imobiliária.

Segundo o Departamento de Comércio, no ritmo anualizado e com os indicadores sazonais corrigidos, os gastos em construção para março equivalem a 1,218 bilhão de dólares.

Os analistas, que não esperavam uma revisão tão favorável para as cifras de fevereiro, tinham projetado um aumento de 0,4% em março.

AFP

 AFP