Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Policiais enfrentam manifestantes em St Louis

(afp_tickers)

A prefeita da cidade americana de St. Louis pediu nesta quarta-feira uma investigação independente sobre a polícia local, em meio à crescente pressão pública e acusações de abusos dos agentes durante protestos raciais.

A prefeita Lyda Krewson solicitou ao departamento de Justiça em Washington que investigue as queixas contra táticas policiais abusivas durante os protestos, algumas violentas.

A Polícia é acusada do uso indiscriminado de spray de pimenta e de deter pessoas que não estavam protestando.

"Estas acusações são preocupantes. É importante saber se têm base", declarou a prefeita no Twitter ao anunciar o pedido de uma investigação federal independente.

As manifestações, às vezes violentas, tiveram início com a absolvição em 15 de setembro de um policial branco envolvido na morte de um homem negro.

Policiais e manifestantes se enfrentaram pela última vez neste final de semana, em torno de um shopping no subúrbio desta cidade do Missouri.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP