Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivos) Agricultor mostra grão de soja

(afp_tickers)

Os agricultores de Estados Unidos nunca cultivaram tanta soja e tão pouco trigo como em 2017, segundo um informe do Departamento de Agricultura (USDA, na sigla em inglês) divulgado nesta sexta-feira.

A superfície cultivada de soja no país é de cerca de 36,22 milhões de hectares, o que representa 7% a mais que no ano passado e marca um recorde, disse o USDA.

A soja, muito usada para alimentar animais, se beneficia da demanda crescente de carne no mundo. A China é especialmente ávida pela oleaginosa.

A semeadura de milho foi 3% menor que a do ano passado, mas segue liderando o ranking do país, com 36,79 milhões de hectares.

A plantação de trigo, cereal que viu seus preços baixaram desde 2012, caiu 9% em relação a 2016, ocupando 18,49 milhões de hectares, a menor área já registrada pelo USDA desde que começou a fazer esses levantamentos, há 98 anos.

Os campos de algodão somam 4,9 milhões de hectares, 20% mais que no ano passado.

AFP