AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta terça-feira os protocolos que permitem a adesão de Montenegro à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), uma decisão que deverá somar mais tensão às relações com a Rússia

(afp_tickers)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta terça-feira os protocolos que permitem a adesão de Montenegro à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), uma decisão que deverá somar mais tensão às relações com a Rússia.

"Hoje, o presidente Donald J. Trump assinou o instrumento de Ratificação por parte dos Estados Unidos do Protocolo para o acesso de Montenegro à Otan", informou a Casa Branca em uma nota oficial.

A decisão de Washington de apoiar a adesão do país dos Bálcãs ao bloco militar europeu já era aguardada, embora declarações de Trump sobre a Otan durante a campanha eleitoral tenham deixado espaços para a incerteza.

A assinatura da Casa Branca a este protocolo coloca mais tensão sobre a relação bilateral com Moscou, que já havia considerado o acesso de Montenegro à aliança militar como uma "provocação", já que este país estaria dentro da área de influência do Kremlin.

Além disso, a assinatura de Trump ao protocolo ocorreu na véspera da visita que o secretário-geral da Otan, o norueguês Jens Stoltenberg, realizará à Casa Branca na quarta-feira.

AFP

 AFP