Navigation

EUA aprovam remdesivir para tratamento do novo coronavírus (Trump)

O CEO da Gillead Sciences Inc. se pronuncia durante reunião com o presidente Donald Trump na Casa Branca afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 01. maio 2020 - 20:50
(AFP)

A agência americana reguladora de medicamentos e alimentos (FDA) autorizou o uso do antiviral remdesivir para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus, anunciou nesta sexta-feira o presidente Donald Trump.

"Estou feliz em anunciar que a Gillead (fabricante) obteve da FDA uma autorização urgente para o uso do remdesivir", informou Trump na Casa Branca.

O medicamento experimental, desenvolvido para pacientes com ebola, é o primeiro tratamento que mostra eficácia contra o novo coronavírus. Segundo um estudo realizado pelos Institutos de Saúde americanos, ele abrevia em vários dias a recuperação dos que sofrem de Covid-19.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.