Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Soldado monta guarda diante de um sistema anti-mísseis PAC-3, em Tóquio

(afp_tickers)

O governo americano aprovou a venda para a Arábia Saudita de um sistema de defesa antimísseis (THAAD, na sigla em inglês) por 15 bilhões de dólares, anunciou nesta sexta-feira o Departamento de Estado.

"Esta venta fortalece a segurança nacional dos Estados Unidos e seus interesses de política externa, apoiando a segurança de longo prazo da Arábia Saudita e da região do Golfo perante o Irã e outras ameaças regionais", destaca o comunicado.

O THAAD, que já foi vendido aos vizinhos de Riad, Catar e Emirados Árabes Unidos, é um dos equipamentos de defesa antimísseis mais eficientes do arsenal americano e está equipado com um sistema avançado de radar.

Funcionários da administração do presidente Donald Trump disseram à AFP que a venda, que será efetivada se o Congresso não apresentar objeções em 30 dias, faz parte do pacote de armamento de 110 bilhões de dólares que Trump prometeu a Riad durante sua visita em maio passado.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP